Sistema Integrado de Gerenciamento e Acompanhamento da Pós-Graduação

  • PDF
  • Print
  • E-mail

Na elaboração deste projeto, foi levado em conta o Projeto de Informatização da CAPES, concebido e realizado pelo SCIRE na mesma época. O levantamento e as entrevistas que basearam a Proposta de Informatização da Sub-Reitoria de Ensino para Graduados e Pesquisa - SR2 foram realizados entre fevereiro e março de 1995. A Proposta inicial apresentada em julho de 1995 teve sua execução iniciada em janeiro de 1996.

Os sistemas informatizados implantados na CAPES tem objetivos semelhantes e complementares àqueles cujo desenvolvimento foi proposto à SR2. De uma forma geral, as finalidades destes conjuntos de sistemas estão relacionadas (I) à coleta e ao tratamento de informações gerenciais ou concernentes ao desempenho acadêmico dos cursos de pós-graduação, (ii) ao gerenciamento - julgamento da demanda e acompanhamento da execução - de programas de fomento à pesquisa e ao ensino de pós-graduação e (iii) ao apoio à execução dos procedimentos burocrático-administrativos que lhe dão viabilidade operacional.

Enquanto a SR2 é elo da cadeia de tramitações que atende à primeira destas finalidades, a SR2 e a CAPES são instâncias complementares na execução de ações de fomento. Aliás, era objetivo final do projeto que os sistemas destas instituições opererassem algum nível de interligação. Por outro lado, por serem instituições públicas federais, seus procedimentos administrativos guardam necessária semelhança.

Objetivos e Características Gerais dos Sistemas

Como gestora da área de pesquisa e de ensino de pós-graduação na UFRJ, é parte das funções da Sub-Reitoria de Ensino para Graduados e Pesquisa - SR2, particularmente do Sub-Reitor e do CEPG, definir e implementar políticas, ações e programas estratégicos.

Para cumprimento de tais atribuições, a SR2 deve poder realizar análises abrangentes, retrospectivas ou prospectivas, simular cenários e antever consequências, para tanto requerendo a disponibilidade de informação consolidada.

Este mesmo requisito incide sobre outra das funções da SR2, qual seja, a de prover a UFRJ de documentação consolidada das atividades de pesquisa e ensino de pós-graduação, que sirva como elemento justificador do investimento nela realizado e reforce sua imagem como centro de excelência acadêmica. 

Por outro lado, o desempenho operacional da infraestrutura técnico-administrativa da SR2 condiciona qualitativamente os resultados da atuação do Sub-Reitor e do CEPG, sendo decisivo para o bom e adequado cumprimento dessas funções.

Assim, a necessidade de contar com sistemas informatizados para processamento, tratamento e consolidação da informação, que sejam simultaneamente instrumentos de apoio operacional, é identificada a partir do reconhecimento de que os métodos e procedimentos vigentes não auxiliam adequadamente a SR2 e o CEPG a manter padrões de desempenho compatíveis com a importância e consequência de sua atuação na UFRJ.

Neste contexto, a qualidade da consolidação da informação e da instrução dos processos, isto é, sua confiabilidade e fidedignidade, sua disposição e apresentação em formato operacionalmente adequado, influencia a qualidade da análise, consequentemente, dos pareceres, das deliberações e do planejamento.        Para tanto, é pré-requisito a disponibilidade de cadastros e registros de dados, rigorosa e sistematicamente mantidos e atualizados.

Em consonância, foi proposta a concepção de um sistema integrado e coorporativo, isto é, que compreende na SR2 os seus diversos setores técnico-administrativos, o gabinete do Sub-Reitor e o CEPG, compartilhando uma mesma e única base de dados. O objetivo geral deste sistema é prover a SR2 e o CEPG de instrumentos informatizados de apoio à execução de suas funções gestoras e de acompanhamento das atividades de ensino de pós-graduação e de pesquisa na UFRJ.

Estabelecidos os pressupostos, SIGA-PG: Sistema Integrado de Gerenciamento e Acompanhamento da Pós-Graduação, foi concebido como um conjunto integrado de sistemas estruturalmente interligados, que compartilhavam informações concentradas numa mesma base da dados.

Suas finalidades principais são prover:

  • acompanhamento à tramitação de processos e encaminhamento de documentos
  • manutenção e atualização de cadastros e tratamento e divulgação
  • apoio administrativo e de execução financeira
 
Os Sistemas do SIGA-PG
 
O SIGA-PG é composto pelos sistemas em seguida especificados, tendo cada um dos quais o objetivo de apoiar a execução de conjuntos de funções e tarefas afins.
 
  • SAP - Sistema de Apoio à Pesquisa,
  • SAE - Sistema de Apoio ao Ensino,
  • SAB - Sistema de Acompanhamento de Bolsas,
  • SAIC - Sistema de Acompanhamento da Iniciação Científica,
  • SRP -  Sistema de Registro da Produção Acadêmica; 
  • SCD -  Sistema de Coleta de Dados;
  • SAD -  Sistema de Acompanhamento de Documentos,
      • CEPG- Sistema de Apoio ao CEPG;
  • SAA - Sistema de Apoio Administrativo.
 

Importe dados do CVLattes com confiabilidade. A SoluçãoATRIO importa do CVLattes com identificação automática de co-autores e vínculos a Projetos, Linhas de Pesquisa e Áreas de Concentração.